Ainda não publicado

Se lhe perguntarmos ao que associa a palavra “rum”, temos a certeza de que uma grande maioria dos nossos leitores irá responder praia, palmeiras, água cristalina e palhinhas na casca de um coco. E se lhe dissermos que na Ilha da Madeira se produz um dos melhores runs agrícolas do mundo? Sabia?

Por Nuno Gonçalves

 

Na edição deste ano do Lisbon Bar Show, o Rum da Madeira esteve em destaque no primeiro dia do evento. Através do seu embaixador internacional, o Jamaicano Ian Burrel, fizemos uma viagem incrível pelo Rum de carácter único produzido na ilha descoberta por Zarco, Perestrelo e Vaz Teixeira no século XV.

Venha daí e conheça um pouco melhor este belíssimo espirituoso.

 

O que é um Rum

Comecemos pelo princípio. O que é um Rum? O Rum, em termos gerais, é uma bebida destilada feita a partir da cana-de-açúcar, seja do seu sumo, do açúcar cristalizado ou dos subprodutos como o melaço ou xarope de cana (sumo da cana fervido até quase à cristalização do açúcar nele contido).

Tal como o whisky, que se apresenta na forma de scotch, irish, bourbon ou rye, blended ou single malt, o rum possui um conjunto relativamente largo de estilos, cada um deles com regras próprias e, claro, o seu carácter único. Entre esses estilos, o Rum da Madeira é um dos mais interessantes produzidos na Europa.

O Rum da Madeira

Apesar da sua longuíssima história, muito ligada às flutuações na história da produção de cana-sacarina na ilha, o Rum da Madeira passou a ser uma Indicação Geográfica Protegida — um mecanismo de proteção que funciona de modo semelhante às regiões demarcadas na produção vinícola — desde 2011, tendo sido confirmado e definido por Decreto Legislativo Regional em 2021.

Doravante, para que uma garrafa possa ostentar a marca de Rum da Madeira, precisa de cumprir com os requisitos impostos nesse documento legislativo, oferecendo ainda maiores garantias de qualidade ao consumidor, enquanto, em simultâneo, protege a produção regional.

A primeira característica do Rum da Madeira é utilizar em exclusivo cana-de-açúcar produzida no arquipélago e a segunda é ser um rum de estilo “agrícola” produzido a partir do sumo da cana. Todos os Runs da Madeira envelhecidos são-no pelo mínimo de 3 anos e sempre em cascos de madeira de carvalho, podendo haver envelhecimentos de 21 ou mais anos.

A principal característica, no entanto, é a sua forma de produção tradicional com séculos de experiência acumulada ao longo de gerações e que lhe conferem um sabor único e impossível de imitar, ao mesmo tempo requintado e acessível a todos.

Existem, neste momento, seis produtores devidamente certificados de Rum da Madeira com marcas como Engenhos do Norte, Reizinho, William Hinton, Calheta Rum, Vinha Alta, Branca, Larano ou Rum 970, este último muito popular entre os madeirenses que celebrou 50 anos de existência em 2020.

Encontrá-los em lojas especializadas não será difícil com preços bastante variados a começar nos 19 €, aproximadamente.

Como beber Rum da Madeira?

A forma mais evidente e fácil de beber Rum é simples ou com um pouco de gelo. Para um rum claro e sem envelhecimento, é aconselhável uma temperatura entre os 10º e os 12ºC, para um rum envelhecido, devido ao seu carácter mais complexo, adicione 6ºC ao intervalo.

Não use um copo muito fechado de boca. O Rum é um destilado que precisa de espaço para libertar todos os seus aromas.

Claro que outra forma de beber um bom Rum da Madeira é misturá-lo num cocktail. Se tem um shaker em casa, vá buscá-lo, mas se não tem, não faz mal. Seguem-se duas pequenas receitas, uma que recorre ao shaker e outra que qualquer um pode fazer em sua casa, para enaltecer a complexidade e intensidade do Rum da Madeira. Experimente e vai ver que se vai surpreender.

F&F Rum Punch

50 ml Rum Engenhos do Norte Pot Still

50 ml Sumo de Ananás

50 ml Sumo de Laranja

25 ml de Puré de Maracujá

15 ml de Grenadine

15 ml de Sumo de Lima

Coloque todos os ingredientes num shaker com gelo; agite; sirva num copo Hurricane.

Mojito de Maracujá

40ml Rum William Hinton

Meia lima aos gomos

20gr de açúcar

7 folhas de hortelã

Polpa de 2 maracujás

Água com gás

Gelo

Deposite meia lima aos gomos no mixing glass (ou um copo grande), adicione 20gr de açúcar e esmague ligeiramente, adicione a polpa dos maracujás e o Rum. Mexa muito bem com uma colher e em seguida coe para um copo alto; adicione 7 folhas de hortelã e gelo, preencha com água com gás e volte a mexer.